A cavala é um peixe migratório que necessita de ter na sua composição reservas de gordura para as suas deslocações.

 

A maioria da sua gordura é insaturada, sendo um dos peixes mais ricos em ácidos gordos essenciais (ÓMEGA 3 - EPA e DHA) (3,1 - 4,1 g/ 100 g de pescado) e com um teor em colestrol muito baixo (14-60 mg/100 g) e dentro dos valores recomendados. É um alimento rico em vitaminas (e.g. E e complexo B) e minerais (e.g. potássio, fósforo). 

 

A OMS recomenda um mínimo de 1-2 refeições de peixe por semana, de modo, a garantir 200-500 mg de EPA + DHA, ora a cavala serve esse objectivo, uma vez que não só é das espécies mais abundantes na costa portuguesa e algarvia, como inclui elevados teores em ÓMEGA 3, o que contribuirá para a prevenção de doenças do foro cardiovascular. 

Como escolher peixe de qualidade

 

A qualidade do peixe reside na sua frescura, pelo que esta deve ser a primeira exigência do consumidor. Ao comprar cavala ou outro peixe enha atenção às seguintes características:

 

Pele – deve estar brilhante, de tonalidade viva, húmida e sem lacerações;

Olhos – salientes, córnea transparente, e as pupilas negras e brilhantes;

Cheiro – agradável e característico de maresia;

Textura da carne – firme, elástica e aderente às espinhas;

Opérculo (membrana que reveste as guelras) - rígido e resistente à abertura;

Guelras – de cor vermelha ou rosa, brilhantes, húmidas e com pouco muco.

ORGANIZAÇÃO

FINANCIAMENTO

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now